Esportes adaptados são vivenciados por estudantes do Diocesano

22/08/2018 08:43:00 - Atualizada em 28/08/2018 10:27:50 - Por Camila Oliveira


                Estudantes da 3ª série do Ensino Médio participam de disputas de futebol às cegas e voleibol sentados para que possam compreender a realidade de pessoas com necessidades especiais. A atividade é proposta das disciplinas de Educação Física e Redação e está dentro da perspectiva de formação integral da Companhia de Jesus, proporcionando a ruptura com preconceitos e barreiras e estimulando a empatia.

                “Realizamos uma aula diferente para que os estudantes sintam como é o esporte com pessoas que têm necessidades especiais”, explica o professor de Educação Física Arnaldo Sousa. Após a vivência, os estudantes irão discutir textos sobre o assunto na disciplina de Redação, para que, depois, com a bagagem adquirida, possam fazer produções textuais a respeito da temática.

                De acordo com o Projeto Educativo Comum (PEC) da Rede Jesuíta de Educação (RJE) nº 49, uma educação inclusiva valoriza a diversidade e possibilita a aprendizagem cooperativa, em que todos ajudam e são ajudados. “Atividades como essa são exercícios de cidadania e estimulam a prática da alteridade”, avalia o coordenador pedagógico da 3ª série do Ensino Médio, professor Ailton Cerqueira.

                A perspectiva da educação inclusiva está de acordo com a finalidade da Companhia de Jesus, que é proporcionar educação integral para todos. Nesse sentido, além de oferecer recursos especializados que garantam a acessibilidade, também é fundamental sensibilizar a comunidade educativa.    

Deixe um comentário

0 Comentário