"Ser estudante é mais que um status, é adquirir conhecimento"

11/08/2016 09:51:07 - Atualizada em 11/08/2016 09:53:34 - Por Samira Ramos

Seja no Ensino Fundamental, Médio ou Superior, ser estudante é buscar conhecimento. O Dia do Estudante celebra o fazer diário, o esforço e empenho de quem anseia conhecer e entender o mundo. Essa comemoração teve como ponto de partida o dia 11 de agosto de 1827, quando o imperador D. Pedro I autorizou a criação dos primeiros cursos superiores no Brasil. Foram criadas as Faculdades de Direito de Olinda, em Pernambuco, e do Largo do São Francisco, em São Paulo, pioneiras no ensino superior. Por esse motivo, no dia 11 de agosto, também se comemora o Dia do Advogado no Brasil. Cem anos após essa data, em 1927, o advogado Celso Gand Ley sugeriu que o dia homenageado todos os estudantes. Só então a data comemorativa foi de fato instituída. A criação da União Nacional dos Estudantes (UNE) em 1937 reforçou a data. Com o objetivo de representar os estudantes de diversas categorias, a UNE participou de movimentos populares, como as “Diretas Já” e os “Caras Pintadas”.

A Rede Jesuíta de Educação (RJE) mantém três unidades educacionais no Piauí, o Colégio Diocesano, que oferece também Educação Infantil, a Escola Santo Afonso Rodriguez (ESAR) e a Escola Materno Infantil Padre Pedro Arrupe (EMIPA). O aluno Ítalo Gabriel Moura, da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Diocesano compara o ofício do estudante ao desempenho de uma profissão e ressalta a importância do desenvolvimento do senso crítico. “Ser estudante é muito mais que um status, é adquirir conhecimento, poder interpretar o mundo com criticidade e expandir horizontes”. Para Íris Rodrigues Machado, aluna da 1ª série do Ensino Médio da ESAR ser estudante é estar constantemente se atualizando. “Estudando podemos aprender a formular nossas próprias opiniões e lidar com desafios, pensando sempre em um mundo melhor”.

Para o diretor do Colégio Diocesano, irmão Raimundo Barros, SJ, o Dia do Estudante é uma data significativa porque a escola existe em função dos estudantes e da promoção de conhecimento. “O papel mais importante que devemos celebrar é a capacidade que o colégio tem de ajudar no desenvolvimento das pessoas, fazer com que sejam pessoas melhores por meio do conhecimento.” O diretor ressalta que a educação proporciona nova compreensão do mundo e interagir social. “É importante chamar atenção para a perspectiva da aprendizagem. Todos nós temos esse papel de estudante porque estamos constantemente aprendendo e ensinando”.

A RJE proporciona educação para mais de três milhões de pessoas em uma das maiores redes de educação do mundo que abraça mais de 180 colégios, 200 universidades e faculdades e 2.724 centros de Educação Popular Fé e Alegria. O Colégio Diocesano proporciona além do Ensino Fundamental e Médio, Educação de Jovens e Adultos, no Ensino Noturno do Diocesano (ENOD). A Educação Infantil atende mais de 600 alunos entre dois e seis anos de idade. A Escola Santo Afonso Rodriguez é uma instituição de natureza filantrópica e atende cerca de 770 alunos desde o 1º ano do Ensino Fundamental até 3ª série do Ensino médio, nos turnos manhã e tarde e ainda na modalidade de ensino integral. São atendidos alunos de família de baixa renda na região da Grande Socopo e zona rural de Teresina. A EMIPA, também de natureza filantrópica, atende aproximadamente 400 crianças em situação de vulnerabilidade social e econômica na grande região do Porto Alegre.

Deixe um comentário

0 Comentário