Olimpíada Brasileira de Biologia é promovida com estudantes do Ensino Médio

23/03/2019 09:01:00 - Por Samira Ramos

Estudantes da 1ª à 3ª série do Ensino Médio participaram nesta sexta-feira, 22, da 1ª fase da Olimpíada Brasileira de Biologia (OBB). Organizada pelo Instituto Butantan, a competição tem entre seus objetivos estimular a apresentação de soluções criativas aos problemas propostos, despertando o interesse do estudante pela área.

Esse foi o primeiro ano em que o Diocesano participou da competição, que, nesta 1ª fase, contou com 69 estudantes do colégio. Os alunos tiveram preparatório de acordo com os conteúdos divulgados previamente pela a organização da olimpíada. Foram dois dias intensivos de aula com os professores Wellington dos Santos e Alberto Ibiapina. “A implementação da OBB no colégio ocorreu como uma forma de valorizar a área, descobrir novos talentos e despertar curiosidades”, conta o coordenador de Projetos Complementares, José Voste Júnior.

Para o estudante José Vitor Campelo, da 1ª série C, a decisão de se inscrever na olímpiada foi fácil. “Sempre participo das Olimpíadas do Conhecimento. Biologia é uma das matérias que mais gosto, principalmente porque o curso que almejo é Medicina. Me preparei bastante para fazer a prova”, afirma o aluno.


                                                       

                                                                         

                                                                                    Estudantes participam pela primeira vez da olimpíada


A OBB ocorre em três fases. A primeira fase classificatória é composta por 30 questões de múltipla-escolha. Passam para a próxima, estudantes que obterem nota acima ou igual a nota de corte que será divulgada no site. Na segunda, a prova terá 100 questões de múltipla-escolha, com os 16 primeiros colocados se classificando para a terceira etapa.

Na terceira e última fase da competição, os estudantes classificados são capacitados via atividades práticas por uma equipe composta de pesquisadores e educadores do Instituto Butantan. Os quatro primeiros colocados nessa última fase da OBB são selecionados para representar o Brasil na Olimpíada Internacional de Biologia.

Embora o objetivo seja chegar a última etapa, participar das provas já é uma grande experiência. É o que conta a estudante Lara Giovana, da 1ª série A EM. “Mesmo que não alcance a pontuação almejada, ao participar das provas você é estimulado a estudar mais e a pesquisar mais sobre o que ainda não sabe. Acho importante participar”, conclui a estudante.

Deixe um comentário

0 Comentário