Leia e descubra novos horizontes!

23/08/2016 10:33:52 - Atualizada em 23/08/2016 10:34:44 - Por Camila Oliveira

A Biblioteca Teresa Cristina Filpi de Mesquita Sampaio, batizada em homenagem a uma ex-coordenadora geral do Colégio Diocesano, tem mais de 26 mil exemplares disponíveis – entre livros, periódicos, CDs e DVDs. O clássico Crime do Padre Amaro, de Eça de Queiroz, e as obras do autor Machado de Assis, são algumas das mais procuradas pela comunidade escolar. Além dos livros didáticos de Física, Química, Biologia, Matemática e paradidáticos de Literatura Infanto-Juvenil.

Jornais, revistas, dicionários, enciclopédias, atlas, bíblias, livros didáticos e paradidáticos compõem o acervo, além de 150 obras em braile e da Biblioteca Padre Florêncio, com exemplares doados pelo ex-professor. Há ainda o espaço Acervo do Piauí, com obras de escritores piauienses. Os professores também têm um lugar especial, com material científico disponível. Colaboradores podem fazer empréstimos, apenas apresentando RG e CPF para fazer o cadastro. Alunos precisam informar o nome e data de nascimento. A renovação de um mesmo exemplar pode ser feita por, no máximo, duas vezes.

Estudantes visitam diariamente a biblioteca, em busca de mais conhecimento.

“A leitura colabora inclusive na espiritualidade, pois humaniza o leitor”, ressalta a bibliotecária Bruna Dayane. Segundo ela, o hábito de ler instiga o aluno a interagir com o ambiente e com outras pessoas. E para incentivá-los, existem dois projetos que estão em ação no momento. Eu Leio e Você? é direcionado aos alunos do 6º ano do Ensino Fundamental e é fruto de uma parceria entre o Departamento de Língua Portuguesa e a biblioteca. Os estudantes leem os livros e respondem uma ficha resumo sobre a obra. O resultado é a elaboração de um ranking de leitura das turmas. “Lendo já descobri alguns animais e lugares novos”, conta o aluno do 6º ano C, Felipe Gabriel. E o projeto Dioc Lê, consiste na participação da biblioteca com um stand na Feira do Livro da escola, disponibilizando o acervo e um espaço de leitura dinâmica.

No local, há ainda salas de estudo em grupo e individuais, que são reservadas por meio de autorização da Coordenação Pedagógica. Alunos e colaboradores podem utilizar o espaço por até duas horas. Há também quatro computadores, que devem ser usados exclusivamente para pesquisar ou estudar, e podem ser solicitados para a equipe da biblioteca. O tempo de uso é de até uma hora. Em ambos os casos esse limite pode ser prorrogado, caso não haja espera de outras pessoas para uso.

Deixe um comentário

0 Comentário