Aluna aprovada em 1º lugar em Direito na UFPI dá dicas para obter sucesso no vestibular

24/11/2015 12:32:21 - Por Camila Oliveira
[caption id="attachment_13013" align="alignleft" width="279"]Camila Pacheco na missa de formatura Camila Pacheco na missa de formatura[/caption]

A jornada estudantil do cidadão brasileiro prolonga-se, usualmente, por pouco mais de um ou dois decênios e atinge um dos seus pontos exponenciais na época do vestibular. O ano do certame supracitado traz consigo inúmeras dúvidas e questionamentos, além de exigir do indivíduo significativa maturidade para lidar com escolhas relevantes e situações extremas. O presente texto objetiva, eminentemente, direcionar o estudo dos atuais terceiranistas e dos demais interessados para a obtenção de êxito no resultado das provas que estão por vir.

Local de estudo

Inicialmente, mister se faz ao aluno dispor de um local de estudo arejado, com boa iluminação e que não proporcione distrações. A partir desse ponto, é essencial que o discente tenha em mãos um cronograma com as atividades do dia elencadas, a fim de que seja consolidada uma rotina de estudo no seu relógio biológico.

Descanso

Com relação ao descanso, vale ressaltar que noites bem dormidas são o pontapé inicial para a absorção da enorme quantidade de conteúdos ministrados ao aluno em sala de aula. Ademais, manter-se em dia com as horas de sono contribui para a permanência do bom humor e para a redução dos picos de estresse frequentes. Saídas regulares são igualmente recomendadas, tendo em vista que o ofício do vestibulando exige espairecimento constante.

Exercício contínuo

No panorama prático de estudo, dois pontos são basilares para a aprovação no vestibular: o exercício contínuo e a busca por novas e variadas fontes. Com relação ao primeiro ponto, é de suma importância destacar que o acúmulo de conteúdos não estudados implica em dificuldades para acompanhar o ritmo das aulas. É recomendável, pois, que o aluno estude a matéria à medida que ela é ministrada em sala (acompanhando o professor, ou, se possível, à frente dele).

Leitura sobre Atualidades Mundiais

O segundo ponto em xeque relaciona-se, principalmente, à necessidade de apreender informações diversas – que dizem respeito tanto ao conteúdo em si como às atualidades mundiais - e de treinar a agilidade na interpretação dos textos – item cuja importância é inigualável para a conclusão das provas. A leitura de revistas semanais (como Carta Capital, Veja, IstoÉ e Época) e de portais mundiais (a exemplo de BBC, The New York Times e Le Monde Diplomatique) garante a absorção de novos dados e o aumento da criticidade do aluno, características com valor proeminente para a redação e para as respostas subjetivas dos testes.

ENEM

O contexto do ENEM, mais específico, comporta alguns detalhes que não podem passar despercebidos aos olhos do vestibulando. Por ser uma prova multidisciplinar, o exame requer competências e habilidades que podem ser encontrados na Matriz de Referência para o ENEM. O conhecimento da Redação no ENEM – Guia do Participante é igualmente pertinente, já que a nota nesta modalidade destaca a colocação do aluno. A forma como a pontuação é calculada pode ser entendida a partir da leitura do texto Entenda a sua nota no ENEM – Guia do Participante. De posse desses três manuais, para que o estudante chegue ao auge da preparação no dia do exame, é providencial que ele responda as provas anteriores (desde 1998 a 2012), em especial a partir do ano de 2009 (quando o ENEM passou a seguir um modelo funcional), de preferência cronometrando o tempo (pois a prova também abrange um treinamento de resistência física).

Vestibulares em outras faculdades

Àqueles que prestarão outros testes (de faculdades particulares ou universidades estaduais e federais de outros estados), é elementar conhecer a forma como os assuntos são abordados nas provas e os tópicos levados em conta para o cálculo da nota do curso desejado. No mais, é fundamental ao aluno entender não há dissensão entre estudar para o vestibular e estudar para a escola. Por isso, basta que ele se esforce na tarefa de captar e aprender o conteúdo ministrado durante o ano, e, certamente, os bons resultados virão. É concomitantemente a partir do esforço e da dedicação do vestibulando que a jornada ficará completa com júbilo.

Camila Pacheco, 1º lugar de Direito na Universidade Federal do Piauí

Deixe um comentário

0 Comentário