Hey, mãe

12/05/2019 07:00:00 - Atualizada em 11/05/2019 14:37:56 - Por Ana Carolina Dias

               Era uma tarde de sexta-feira, pós-feriado, e estudantes do Diocesano se reuniram lá no Diozinho para contar histórias de mãe. Mas não eram histórias quaisquer. Eram suas histórias e das suas mães. Risos, lágrimas. Abraços, broncas. Beijos e afagos. Histórias que os fizeram crescer e amar ainda mais (infinito e além). Dessas histórias brotou o poema “Hey, mãe”, escrito pelo Ithalo Furtado. Ele é um escritor e poeta lá de Parnaíba e veio exclusivamente para “poemar” a sua história. Confira abaixo.



Quer saber como foi compartilhada as histórias? Confira também ao vídeo!

Deixe um comentário

0 Comentário